História

Pode-se dizer que o Grupo Entreposto nasceu em 2 de Fevereiro de 1926, com a constituição em Moçambique da Sociedade Agrícola do Sena, Lda., transformada em sociedade anónima no ano de 1938, com a designação de Companhia Nacional Algodoeira, S.A.R.L..

O território de Manica e Sofala era ainda então administrado pela Companhia de Moçambique, detentora de poderes majestáticos, e que, a partir de 1942, já convertida em sociedade comercial, contribuiria para o nascimento das primeiras empresas agrícolas, industriais e comerciais do que é hoje o Grupo Entreposto.

É assim em 1943 que o Grupo Entreposto verdadeiramente nasceu, como grupo financeiro, como complexo crescente de empresas visando objectivos definidos e obedecendo a políticas comuns:

- em 1943 é reestruturada a Companhia Nacional Algodoeira, incorporando a actividade desenvolvida pela Companhia de Moçambique;

- em 1946 é constituída a Moçambique Industrial, para o fabrico de óleos alimentares e sabões;

- em 1947 é criado o Entreposto Comercial de Moçambique, que passará a representar as marcas Mercedes-Benz, Peugeot e Massey -Ferguson;

- em 1955 é lançada a Companhia Industrial do Monapo, também para o fabrico de óleos alimentares e sabões;

- em 1964 são agrupadas na Moçambique Florestal as actividades madeireiras até aí desenvolvidas pela Companhia de Moçambique e pelo Entreposto Comercial de Moçambique;

- em 1969 é constituída a Companhia do Cajú do Monapo, para o descasque da castanha de caju.

Em 1967 o Grupo decide expandir a sua actividade para Portugal, criando o Entreposto Comercial - Veículos e Máquinas, dedicada à importação, montagem, distribuição e venda a retalho de viaturas Nissan (então Datsun).

O desenvolvimento desta empresa alargou a presença do Grupo a outros negócios em Portugal, designadamente à importação e distribuição de máquinas agrícolas e industriais, e induziu o investimento numa linha de montagem nova e metalomecânica associada, integradas no património do Entreposto Industrial - Metalotécnica.

Em 1973, o núcleo de accionistas principais viria a conduzir um movimento que transformou a Companhia de Moçambique numa "holding", onde passaram a estar concentradas as participações sociais nas sociedades moçambicanas.

Em 1974 e em 1975, e a partir do mesmo núcleo de accionistas, são diversificadas as actividades do Grupo para o Brasil e para Espanha.

No Brasil, no Estado do Maranhão, depois de uma primeira experiência industrial, é criada a Alpha - Máquinas e Veículos do Nordeste, empresa que começa por se dedicar ao comércio e reparação de máquinas agrícolas da marca Massey Ferguson , e veio a constituir um pólo de incremento de novos negócios.

Em Espanha, é tomada uma posição de controlo em duas sociedades do sector da distribuição alimentar operando em Madrid, a Jumbo Comercial e a Expresso Comercial.

Em 1979 é constituído o Entreposto - Gestão e Participações (SGPS), na altura com a denominação Finantécnica - Gestão e Participações, a partir do qual se inicia o processo de estruturação do universo empresarial do Grupo, pela concentração gradual das participações detidas pelo núcleo comum de accionistas. Assumindo-se como "holding" das várias empresas a operar em Portugal, vem, desde então, intervindo nas definições estratégicas e na coordenação dos vários negócios.

Em 1984 assiste-se à reorientação da actividade do Grupo em Portugal, que conduziu à redução da sua área industrial e à reestruturação e redimensionamento do Entreposto Comercial, dando lugar à constituição de novas empresas actuando de forma especializada na importação e distribuição de máquinas agrícolas e industriais - Entreposto Máquinas, na montagem e na venda a retalho (as várias empresas do retalho automóvel são constituídas a partir desta data). É também em 1984 que tem início a importação e distribuição das viaturas da marca Subaru.

Em 1987, em Moçambique, o Grupo participa em conjunto com o Estado de Moçambique na criação da Toyota de Moçambique, em participações idênticas (50%).

Em 1989 é constituído o Entreposto - Gestão Imobiliária, empresa vocacionada a uma melhor exploração deste sector de negócio, inicialmente confinada à gestão do património imobiliário do Grupo.

Em 1992, o Grupo Entreposto estende a Portugal a sua actividade no sector da distribuição alimentar, adquirindo uma posição de 41% no capital da Supa (Pão de Açucar), depois aumentada para uma posição maioritária.

Em 1996 é iniciado um novo movimento de reorientação estratégica para as áreas de negócios tradicionais, consubstanciada na alienação da totalidade das participações sociais no Pão de Açucar e em duas sociedades que operavam em estreita ligação com o negócio de distribuição de viaturas e Máquinas, a Cargeste e a Carloga. É nesta altura, em 1996, que o Grupo inicia o negócio da importação e distribuição dos veículos da marca Hyundai para Portugal, sendo para o efeito constituindo o Entreposto VH.

A partir de 2000 assiste-se em Moçambique a uma profunda reestruturação dos negócios nessa área geográfica, com a alienação ou cessação da maior parte das actividades ligadas ao sector industrial, e maior ênfase no desenvolvimento dos negócios de importação e retalho automóvel, segurança privada (Alfa Segurança) e turismo cinegético.

Ainda em Moçambique, e em 2003, o Grupo adquire a totalidade das participações sociais no capital da Toyota de Moçambique, empresa que se afirma como líder no mercado.

Em 2005, em Portugal, com a passagem para a Aliança Renault-Nissan da importação dos veículos da marca Nissan, o Grupo inicia um processo sistemático de expansão da sua actividade de retalho automóvel, incrementando a comercialização de várias marcas numa perspectiva de negócio integrado e multimarca.

O Grupo Entreposto está hoje em dia presente em quatro países, em Portugal, no Brasil, em Moçambique e em Timor, em sectores que vão do comércio à indústria, serviços e imobiliário.

Destaques

Media

Saiba em detalhe todas as actividades do Grupo Entreposto na nossa área de Media.

 
Media

Onde Estamos

 
Onde Estamos

Descubra onde estamos e caso necessite entre em contacto connosco.